cred
O amor vai até onde tem que ir. Até onde os dois quiserem. Até onde se propuserem a lutar. O amor dura para os fortes, para os que não têm medo de passar por obstáculos, por rotina, por empecilhos, por dificuldades e, também, por infinitas alegrias.
Clarissa Corrêa.  (via acrescentada)
Carinho é quando a gente não encontra nenhuma palavra para expressar o que sente, e fala com as mãos, colocando o afago em cada dedo.
O Teatro Mágico.    (via aconchega-se)
Eu amo o jeito que você me faz rir, amo quando você me fala aquelas frases clichês, amo seu sorriso, sua voz, seu jeito de ser que me conquista todo dia mais-e-mais. Eu amo até quando você sente ciúmes de mim, fica toda irônico. Ah! Eu acho isso lindo, mas odeio quando eu fico com ciúmes de você, odeio também essa distância que me impede de te abraçar, de cuidar de você… Mas meu amor, eu amo você.
Tão clichê, mas tão verdadeiro.  (via estimular-se)
Ele me amou mesmo eu sendo imperfeita
– Naah  (via acertarei)
Legal seria você aqui comigo. Me suportando, me acariciando, cochilando no meu colo e eu sentindo os batimentos de seu coração.
Fabrício Bernardo.   (via capacitadora)